Museu do Amanhã atinge marca de 4 milhões de visitantes nesta terça-feira

Visitante número 4 milhões vai ser anunciado e receberá uma premiação nesta quarta-feira (20).

O Museu do Amanhã alcança a marca de 4 milhões de visitantes nesta terça-feira (19) desde a inauguração, em dezembro de 2015. A partir das 10h, horário de abertura do museu, o visitante de número 4 milhões será anunciado e vai receber uma premiação durante as comemorações da marca.

No hall de entrada, um painel também foi montado para que o público deixe mensagens sobre “o amanhã que desejam”. Em dezembro, mês em que o museu completa 4 anos, será divulgada a programação para 2020, quando o Rio de Janeiro recebe o título de capital da Arquitetura Mundial.

“É histórico, é um ícone na questão de visitação a museus. Isso permite que o nosso museu seja de referência”, afirma o diretor-executivo do Museu do Amanhã, Henrique Oliveira, do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG).

Segundo o diretor, o contrato de gestão do museu está em processo de prorrogação com o IDG por mais um ano, até que a concessão seja concluída. Em setembro, o prefeito Marcelo Crivella anunciou a abertura do edital para a passagem da gestão do museu à iniciativa privada.

“Acreditamos que, nos próximos dias, seja definido a assinatura de um termo aditivo para mais 12 meses de operação enquanto o processo de concessão de uso, que está em curso, segue seu caminho até ser definido o próximo gestor”, explica o diretor.

De acordo com o Henrique, houve um aumento de público de 9% em comparação com os 10 primeiros meses de 2018. Segundo ele, a exposição “Pratodomundo – Comida para 10 bilhões” foi um dos pontos-chave da procura de visitantes pelo museu.

O Museu do Amanhã fica na Praça Mauá, na Zona Portuária do Rio, e funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, com última entrada às 17h. Às terças-feiras, a entrada no museu é gratuita para todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui