Tiroteio no Complexo da Pedreira causa temor nos moradores

0
47

Ônibus incendiados e mortes ainda não foram contabilizados

A sexta-feira (04) para os moradores do Complexo do Chapadão, no Rio, começou violenta. Cercado pela polícia federal ainda na madrugada, o complexo foi palco de tiroteios entre facções rivais.

Pelo que relata a PM, tudo começou quando criminosos do Comando Vermelho, na tarde de quinta-feira, invadiram a Pedreira e a tomaram do Terceiro Comando Puro.

Ônibus e vias foram incendiados para impedir o acesso da polícia até o local e causar ainda mais temor. Por motivos de segurança, a linha 2 do metrô, estação Engenheiro Rubens Paiva, foi fechada.

Nas redes sociais, moradores compartilharam vídeos e imagens em tempo real do tiroteio. A polícia relatou também que um soldado do exército fora feriado durante a operação, mas acredita que os corpos possam ter sido escondidos pelos traficantes morro adentro. 

Previsão policial

Segundo a polícia, a Pedreira estava em estado “instável” depois que um de seus principais traficantes, Raro, foi preso. Para os PM’s, a facilidade de invasão se deu pelo abandono do comando do TCP na comunidade.

Para os jornalistas, a polícia informou que irá apurar os mandantes da invasão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui