Fotos mostram cômodos revirados e um policial mirando a arma sentado num sofá. Imagens registraram

Capô e para-brisa de carro crivado de balas — Foto: Reprodução/TV Globo
Capô e para-brisa de carro crivado de balas — Foto: Reprodução/TV Globo

Moradores do Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, relataram abusos de PMs durante uma operação na comunidade na manhã desta sexta-feira (6).

Fotos que circulam nas redes sociais mostram um cômodo revirado; em outra, um policial aparece sentado no braço de um sofá, mirando sua arma pela porta.

Vídeos registraram intensas trocas de tiros ao longo da manhã. Balas atingiram o para-brisa de um carro e a parede de uma casa.

Até as 12h50, não havia registro de feridos.

Morador registrou o momento em que um PM mira sentado no sofá — Foto: Reprodução/TV Globo
Morador registrou o momento em que um PM mira sentado no sofá — Foto: Reprodução/TV Globo
Morador relata que sua casa foi revirada durante operação da PM — Foto: Reprodução/TV Globo
Morador relata que sua casa foi revirada durante operação da PM — Foto: Reprodução/TV Globo
Criança se protege de tiros no Alemão — Foto: Reprodução/TV Globo
Criança se protege de tiros no Alemão — Foto: Reprodução/TV Globo

O que diz a PM

A Secretaria de Estado de Polícia Militar esclareceu, em nota, que as operações são pautadas por informações da área de inteligência “e seguem protocolos rígidos de execução”.

“A Polícia Militar está atenta aos relatos e imagens que circulam nas redes sociais a respeito de supostos excessos cometidos por seus policiais na ação no Complexo do Alemão nesta sexta-feira (6). Caso sejam comprovados, serão devidamente responsabilizados”, afirma o texto.

Segundo a PM, a operação desta sexta buscou criminosos que atacaram policiais militares na comunidade da Fazendinha na última terça (3), em que foi morto o cabo Rafael dos Santos Neves.

“É importante ressaltar que os canais da Corregedoria da Polícia Militar seguem à disposição dos cidadãos através do aplicativo WhatsApp pelo número (21) 97598-4593, por telefone pelo número (21) 2725-9098 ou ainda pelo e-mail [email protected]”, destaca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui