Crivella ‘bate o martelo’ e diz que escolas de samba não terão subsídios da Prefeitura no carnaval de 2020

0
45

Decisão se refere as escolas que desfilam na Sapucaí e eventos que cobram ingresso. Réveillon e carnaval da Intendente Magalhães continuam recebendo recurso.

Imagem aérea da Portela na Marquês de Sapucaí — Foto: Cezer Loureiro/Riotur
Imagem aérea da Portela na Marquês de Sapucaí — Foto: Cezer Loureiro/Riotur

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, afirmou, na manhã desta sexta-feira (30), que as escolas de samba que desfilam na Marquês de Sapucaí não receberão subsídios da prefeitura em 2020.

“As escolas do Grupo Especial não vão mais receber subvenção da prefeitura, que decidiu que não vai dar mais subvenção para nenhum evento que cobre ingresso. Então permanece o Réveillon, permanece o carnaval de rua da Intendente Magalhães, permanecem outros eventos da cidade. Mas os que cobram ingresso, como o Rock in Rio, o carnaval da Sapucaí e outros que têm renda, esses não vão receber mais subsídios da Prefeitura”, garantiu o prefeito.

Ainda de acordo com o prefeito, a transferência para o governo do estado ainda está em conversação. “O governador disse que teria interesse em fazer o carnaval do sambódromo. Eu acho bom. Porque o carnaval traz para a cidade muitos turistas que vão se hospedar”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui