Traficante que tentou escapar de presídio vestido de mulher é encontrado morto em cela no Rio

0
19

Segundo a secretaria de Estado de Administração Penitenciária, Clauvino da Silva, de 42 anos, conhecido como Baixinho, teria se enforcado com um lençol.

O preso que tentou fugir do Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, vestido de mulher foi encontrado morto em sua cela no presídio de segurança máxima Bangu 1.

Segundo a secretaria de Estado de Administração Penitenciária, Clauvino da Silva, de 42 anos, conhecido como Baixinho, teria se enforcado com um lençol. O corpo de bombeiros foi acionado e será realizado o registro de ocorrência. Também será instaurada uma sindicância para apurar os fatos.

Traficante preso em Bangu 3 é flagrado tentando fugir vestido de mulher
Traficante preso em Bangu 3 é flagrado tentando fugir vestido de mulher

Na semana passada, Clauvino tentou sair pela porta da frente vestido de mulher. Segundo a Seap, o preso iria deixar a sua filha dentro da cadeia e tentou pegar a roupa dela para tentar a fuga.

O plano foi descoberto por agentes da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap).

Clauvino estava condenado a 73 anos e 10 meses de prisão e tinha outra fuga em seu histórico no sistema penitenciário. Em fevereiro de 2013, Baixinho estava entre os 31 presos que fugiram do Instituto Penal Vicente Piragibe, em Gericinó. Na ocasião, ele conseguiu deixar a unidade pelo esgoto.

Clauvino, o Baixinho, tentou fugir vestido de mulher mas foi descoberto por agentes penitenciários — Foto: Divulgação/Seap
Clauvino, o Baixinho, tentou fugir vestido de mulher mas foi descoberto por agentes penitenciários — Foto: Divulgação/Seap
Clauvino da Silva, em destaque, tentou deixar o presídio de Bangu 3 com uma máscara de silicone — Foto: Montagem sobre foto de Divulgação/Seap
Clauvino da Silva, em destaque, tentou deixar o presídio de Bangu 3 com uma máscara de silicone — Foto: Montagem sobre foto de Divulgação/Seap

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui