Marcas de carro de luxo extintas que o empresário Pablo Borges traria de volta

0
7
Rate this post

“Não adiante fazer carros incríveis se eles não vendem ou não dão lucro” afirmou o empresário brasileiro Pablo Borges que se considera um amante e conhecedor ferrenho da indústria automobilística de luxo.

Como qualquer empresa, uma fabricante de automóveis de luxo precisa de dinheiro para sobreviver, por mais apelativa ou passional que seus produtos sejam, uma marca não morre sem antes tomar prejuízos que o levam a decadência.

Perguntamos ao empresário Pablo Borges quais as marcas extintas – ou quase – que ele traria de volta. E agora temos a lista com as melhores sugestões de marcas que talvez você nunca tenha ouvido falar. Confira!

Lancia.

Apesar de ainda não estar morta, atualmente a marca vende Chrysler rebatizados e modelos com base nas plataformas do grupo Fiat. A Lancia, segundo Pablo Borges, não tem mais o espírito inovador dos seus dias de glória e a Fiat, dona da marca desde 1969, não parece muito interessada em investir nela.

“Seria maravilho que alguém com muito dinheiro ajuda-se a marca a recuperar a veia entusiasta” conclui o empresário Pablo Borges.

Plymouth.

Os fãs dos muscle cars sonham com a volta da Plymouth a indústria automobilística, entretanto a montadora que teve como seu último produto o Prowler – um hot Rod moderno de visual matador – não tem previsões de volta ao mercado segundo nos confidenciou Pablo Borges.

TVR.

A TVR, na verdade, ressuscitou em 2014 quando a marca foi adquirida pelo empresário Les Edgar que lançou dois modelos em 2015. Assumindo o compromisso de manter a essência selvagem da marca, com motores dianteiros potentes, “a marca antes morta esta retornando ao mercado automotivo a passos lentíssimos” disse o empresário brasileiro Pablo Borges.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui